O QUE FAZ O SEU DIA SER DIFERENTE?

O QUE FAZ O SEU DIA SER DIFERENTE?
Agenda
Agenda

Data/Hora Cidade Local +Info
{{item.data_agenda}} - {{item.horario}} {{item.cidade}} {{item.desc_evento}} Informações
Biografia
Biografia

Nome Completo: Nattan Vidal
Aniversário: -
Estado Civil: -
Formação: -
Banda Favorita: -
Hobby: -

Nascido em 05 de março de 1987, Rodrigo despertou seu gosto pela música cedo. Seu pai colecionava fitas cassete de bandas como Lobão, e foi onde ouviu suas primeiras músicas cheias de energia e vibração, como Vida Bandida, Vida Louca Vida e Blá Blá Blá... Eu te amo(Rádio Blá). Aos 13 anos de idade através de seu irmão, que passava horas e horas vendo Fitas VHS de clipes e shows, colecionando revistas e postes, passou a conhecer novas bandas como Guns n' Roses, Metallica e Iron Maiden. Quando seu irmão preparava o vídeo cassete e dava o play, Rodrigo sentava ao seu lado vidrado escutando aquelas músicas com riffs e solos marcantes e vendo aqueles músicos cheio de atitude no palco despertando a vontade de viver e fazer parte de tudo aquilo que via na TV.

Com a vontade de começar sua trajetória na música, Rodrigo começou a procurar e conhecer bandas como Foo Fighters, Linkin Park, Red Hot, Charlie Brown, Raimundos entre outras milhares que fizeram parte de toda sua adolescência. Sua avó vendo todo esse cenário acontecendo o levou para ter aulas de teclado, mesmo fascinado pelos sons de guitarra. Não demorou mais que três meses para que abandonasse as aulas de teclado e dar inicio a aprendizagem do violão. Comprou seu primeiro violão com a ajuda de sua mãe aos 15 anos. Comprando milhares de revistas com cifras de suas bandas favoritas em bancas de jornal começou sozinho a fazer seus primeiros acordes.

Rodrigo teve um grande crescimento no segundo grau, quando começou a ter contatos com amigos que também tocavam e tinham a música como um objetivo de vida. Mas o violão não possuía aquele som estridente e cheio de energia. Mesmo não tendo muitas condições, sua avó então resolveu dar de presente uma guitarra. Uma Les Paul que chamava atenção com sua cor azul e tinha um som "forte", formou sua primeira banda com seus vizinhos, um trio que o principal motivo era fazer muito barulho e se divertir.

Na escola então formou sua primeira banda a Caosbanal. Entre matadas de aula e finais de semana com ensaios, escreveu sua primeira música, Quanto Tempo. Após longo período de preparação da banda e com entradas e saídas de integrantes, os shows começaram a aparecer e foi preciso colocar o pé na estrada. Vários shows e o contato com grandes artistas aconteceram, mas quando Rodrigo achou que estavam no caminho certo e pronto para viver aquele sonho de adolescência a Caosbanal chegou ao seu fim. Foi uma grande tristeza, tudo acabou de uma hora para outra. Tentou seguir seu caminho em outras bandas, mas o sentimento de não ser a mesma coisa o tomou e naquele momento a música pela primeira vez ficou de lado.

Após longo período parado, Raphael Marinho que era antigo baixista da Caosbanal, entrou em contato e depois de uma conversa resolveram voltar com o projeto Caosbanal mais forte do que nunca que segue até hoje. Os sonhos voltaram e o desejo de viver de música reascendeu.

Desde pequeno apaixonado por fazer barulho, e continua assim até os tempos atuais, começou a fazer aulas de bateria. Sempre observava seu irmão nas aulas de violão e com isso aprendeu algumas coisas. Resolveram formar uma banda, chamada de Amnésia, na qual tocou durante seis anos.

Após o término da sua primeira banda, passou por diversos projetos, nos qual acrescentarão muito no seu crescimento como músico. Suas inspirações vem de bandas como Link Park, Nirvana, Foo Fighter, Twenty one pilots, Detonautas, Scalene, Skrillex, Jack-U, Slipknot, Dream Theater, Our Last Night e muitas outras.

Em seu trajeto, conheceu Rodrigo, na qual tocaram juntos em uma pequena banda que acabou não dando certo. Após alguns anos recebeu o convite do Rodrigo para fazer parte da Caosbanal na qual segue até hoje.

Sempre preocupado com o conteúdo em suas composições e em fazer boas melodias, busca melhorar e aprender coisas novas constantemente e nunca esta satisfeito com nada.

Nome Completo: Raphael Carlos Arthur Marinho
Aniversário: 09/01/1987
Banda favorita: Ozzy Osbourne, Iron Maiden, Helloween, Malmsteen, SOAD.
Hobby: Cozinhar, Tocar guitarra e Baixo.
Música favorita: No More Tears, Hallowed Be Thy Name, I Want Out, I can e So Far Away.
Frase marcante: “Se você acreditar que uma coisa é impossível, você a tomará impossível.” – Bruce Lee.
O que (ou quem) te inspirou a ser músico: Um vizinho e um amigo de infância.

Raphael começou no mundo da música quando tinha 14 anos, influenciado por um vizinho que era apaixonado por rock e um amigo de infância que era guitarrista e violonista, onde o mesmo lhe ensinou os primeiros acordes no violão. Com o passar do tempo enquanto seu amigo tocava em sua guitarra, Raphael fazia as bases no violão, até que os dois foram visitar um vizinho baterista que tocava nas noites do Rio. Foi onde ele teve seu primeiro contato com um contrabaixo. Apaixonado pelo som “grave” e “pesado” do instrumento viu que era isso que queria para a sua vida.

Baixista autodidata teve seu primeiro contrabaixo com a ajuda de seus bisavôs que foram seus maiores incentivadores e a maior fonte de inspiração para música, assim formando com seu

amigo sua primeira banda a Área-271 (que com o passar do tempo se tornou a Banda Autora) onde se manteve por muito tempo.

Depois de várias formações a banda se desfez e um amigo em comum que era vocalista da banda Caosbanal convidou Raphael para ser seu novo baixista, onde continuou sua carreira com sua nova banda. Raphael tocou por seis anos com a Caosbanal e teve a oportunidade de abrir shows para bandas como Strike, Autoramas, Seu Cuca, Luxúria entre outras.

Com o término da Caosbanal, Raphael teve uma breve passagem na banda Intrépida e Srta. Masters. Por meio de um anuncio em sites Raphael conheceu Andersom Kross, vocalista da Newsonic, onde fez um teste e se identificou muito com o som da banda, o estilo e os músicos, assim gravando seu primeiro clipe Novos Rumos. Por motivos particulares, Raphael teve que se afastar do mundo da música, mas depois de um tempo em uma conversa com Rodrigo (guitarrista da Caosbanal) resolveram retornar com a Caosbanal, assim se mantendo firme na banda até hoje.

Inovando no cenário do Rock, a Caosbanal foi formada em 2004 na cidade do Rio de Janeiro. Seus integrantes buscam em suas canções, um destino. A missão é levar em suas letras situações e sentimentos de vida. Sob forte influência do Foo Fighters, a Caosbanal iniciou seu trajeto.

A convivência e o bom ambiente vivido entre seus integrantes gerou uma grande amizade. Momentos de felicidades, loucuras, incertezas, angustia e êxtase que aconteciam em cada reunião, ensaio e show. A Caosbanal teve seu primeiro grande prêmio, quando foi vencedora do festival de bandas na Lona Cultural de Guadalupe. A partir desse momento todos tiveram a certeza que estavam no caminho certo. Começaram as gravações e as experiências em um estúdio profissional. As oportunidades começaram a aparecer e a cada show eletrizante foram deixando suas marcas e conhecendo grandes artistas. Passaram por diversas casas e tocaram com Luxúria, Seu Cuca, Swell, Stellabella, Consciência Tranquila, entre outras.

Após toda euforia, dificuldades foram aparecendo e com o cenário do rock ficando escasso, não demorou para que a banda tivesse seu desmoronamento. Ganhando responsabilidades em suas vidas pessoais, o projeto e os sonhos tiveram que ser guardados e o sentimento de tristeza apareceram pela primeira vez.

Em junho de 2014, à vontade e os sonhos ressurgem, Raphael Marinho e Rodrigo Teixeira, os únicos remanescentes dessa trajetória, resolvem voltar e dar continuidade ao projeto esquecido. Com a entrada de Nattan Vidal e Jonathan Cyrne a Caosbanal fechou sua nova família. O projeto e os sonhos se juntaram novamente. A Caosbanal voltou com tudo e em 2016 lançou seu primeiro EP que levou o nome de "Sem Fim", marcando toda essa história que a banda viveu. Possuindo algumas das faixas como "Juntos", "Instintos" e "Caosbanal", a banda enfim coloca o pé na estrada pela segunda vez mostrando sua nova cara e seu novo trabalho.

Em 2018 lançou seu novo EP, Novos Horizontes, que vem trazendo os sucessos "Sem Medo de Errar", "Aviso aos Navegantes" e "Nunca Desista". Um novo tudo!


Facebook
Twitter
Instagram

NewS...

Uma publicação compartilhada por Caosbanal (@caosbanal) em

Contato

E-mail: contato@caosbanal.com

Telefone: (21) 9 9271-1551